quinta-feira, 23 de julho de 2009

Mãos brancas


-São tuas mãos brancas que encantam meu pensamento, aquelas mãos pálidas que descobriram meu rosto em forma de carinho, e que durante tormentas me protegeram do medo, do frio.

As mesmas mãos, que em um dia de sol , apanharam um punhado de areia da praia para iniciar uma guerra , e que em um final de ano deram adeus . Dividiu o pão, dividiu segredos, dividiu sentimentos, dividiu planos .

Poderia ter visto o mundo, só pra andar de mãos dadas contigo, para que todas as noites você continuasse a me proteger . São pequenos detalhes das tuas mãos brancas que me fazem perceber, que o que era tão simples é hoje tão importante quanto tudo o que eu deixei passar despercebido . -


Eu amo os dias de chuva, claro que eu ia gostar mais ainda se eu estivesse em casa assisntindo tv, ou com meu namorado, mas mesmo assim eu amo muito os dias de chuva .



4 comentários:

Marjory de Oliveira disse...

ME HUMILHOU FIM.
hahahhahaha

Gabriela Castro disse...

Também estou nostálgica e com uma ansiedade infinita. Saudade de tanta coisa, assim como esses detalhes que você descreveu tão bem no seu texto.
beijão flor

O Profeta disse...

Pintei em traços vibrantes
Aprisionei a beleza e a harmonia
Dancei no sabor de irreverentes matizes
Misturei a aurora com o fim do dia

Um violoncelo soltou duas notas sorridentes
Dançaram as cores de forma trágica
Os pincéis inventaram a doçura do teu rosto
Em movimentos de rodopiante mágica


Bom fim de semana



Mágico beijo

Karen disse...

"Poderia ter visto o mundo, só pra andar de mãos dadas contigo, para que todas as noites você continuasse a me proteger . São pequenos detalhes das tuas mãos brancas que me fazem perceber, que o que era tão simples é hoje tão importante quanto tudo o que eu deixei passar despercebido ."

Perfeeeeeito. Me li nesse parágrafo.. amei mesmo :D