terça-feira, 27 de outubro de 2009

Quando eu me perco é quando eu te encontro..

Eu gosto de mudanças, apesar de sentir medo do rumo que a vida toma, isso me deixa intrigada e feliz . Mais uma vez minha vida mudou e eu me vi tomando decisões que mudariam não apenas meu destino, mas o destino das pessoas envolvidas, talvez não de maneira drástica, mas concerteza é o tipo de coisa que marca. Pra ser sincera? Eu to feliz! Consigo sentir o extremo de tudo que vivo, se eu chorar é pra valer e se eu sorrir é pra iluminar . Não gosto de ser pela metade, eu preciso ser sempre inteira! Inteira pros teus beijos e abraços, pras tuas carícias e pro teu corpo, pra me despejar em cima de você e sentir você me envolver em seu peito de maneira confortável, rindo das suas tolices, brigando pelas coisas bobas e conversando sobre todas as coisas, desenvolvendo teorias só pra ter uma desculpa de não ter que ir embora ou não deixar você ir embora . Um ano ou um mês, que diferença faz quando a paixão resolve expandir e alcançar o coração do próximo, pra roubar o sono e a fome, atordoar - de maneira deliciosa- a vida e transformar tudo que era simples em um gestual que leva sempre a mesma agradável situação:
Beijos intermináveis e noites sem fim.
Abusrda e frenéticamente OSO.

2 comentários:

Priscila disse...

A-D-O-R-E-I!

"Que diferença faz quando a paixão resolve expandir e alcançar o coração do próximo.."

Gosto de gente assim, gente de verdade! hahahaha

Beijos

Gabriela Castro disse...

Ai ai ai
Que lindo, florzinhaaa!
Você está escrevendo muito bem, palavras tão lindas e apaixonadas. Fico suspirando aqui!! *.*
Que bom que você está bem, e feliz!
Beeeijo