terça-feira, 6 de outubro de 2009

Segura a minha mão e diz que não tem motivos para medo, que você sempre vai estar aqui ao meu lado, e nunca vai partir. Olha nos meus olhos e diz o quanto você gosta de mim, demonstra com seus braços o tamanho do querer, faz uma piada boba e me arranca um sorriso fácil. Você tem todas as cores, e transferiu tudo para minha alma, um colorido sem fim, uma obra abstrata.

Quero beijos interminaveis, horas sem fim. Quero um abraço apertado, pra me sentir em paz e pra sentir você, que já esta tão vivo em mim, em minhas palavras e em meus pensamentos.

Vem tirar essa agonia, essa vontade, esse medo! Medo de ver algo que não me pertence escapar por entre os meus dedos, medo de gostar de mais, medo de perder o controle, se é que ainda existe um controle, ou eu digo isso pra mentir pra mim mesma? Me salva de você, da tua alegria, da tua segurança e me salva do meu coração, que insiste em fazer festa cada vez que sente o seu.

Era pra ser um simples pedacinho só pra matar a vontade, mas o desejo cresce sempre, e os meus dias só são completos quando você esta por perto.

2 comentários:

Adriana disse...

Ah, o amor...

Moni disse...

que lindo.. é tão bom amar assim! beijos