sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

agonia.

Quem dera eu pudesse te arrancar de mim e te jogar e uma vala qualquer, pra esquecer do teu amor doentio e então me curar de tamanha dor. Vou sofrendo dia a dia em uma espera sem fim, pra ver se vai ser um 'bem me quer', ou se você vai mesmo partir . Se partir, leva contigo meu coração e reuni todos os fragmentos, pois não fará mais sentido ter um coração se você não estiver por perto para o fazer acelerar . É o meu abismo, e eu vou caindo e caindo, esperando a tua mão me segurar e dizer que tudo vai ficar bem, que era sempre verdade, e você vai ser meu pela eternidade. Mas tudo não passa de um sonho e a realidade é bem cruel, nela eu não passo de um brinquedinho seu, uma diversão dentre tantas outras, não é nada tão colorido como eu esperei que fosse, nela é tudo nublado e a cor da minha alma agora é vermelho, vermelho sangue. Minha vida se projeta, e eu assisto alheia sem poder fazer mais nada, a não ser esperar pra ver minha derrota e ouvir o seu adeus. Dói de mais não ser quem você quer, não ser quem você cuida e esperar por uma migalha, suplicar pelo seu amor. Dói de mais esquecer que um dia eu disse, que ninguém me faria mais triste e perceber que tudo que eu faço é te esperar e perecer. Você é a paz que eu pedi e a tempestade sem aviso.

5 comentários:

Devaneios emergentes disse...

Adorei o texto,e adoro também a estetica pin up...
Obrigada pelo carinho!
bjos,M.

Gabriela Castro disse...

Tem gente que consegue ser nossa paz e nosso tormento. Como diria uma amiga minha "mas um dia eu vou embora, porque ninguém pode esperar pra sempre". Ele que acorde antes que seja tarde demais. Te adoro minha florzinha :D
beijos

Priscila Rôde disse...

Ai Flor,
nem sei o que lhe dizer.

"Você é a paz que pedi.."

Isso bateu fundo aqui, sabe?

Erica Ferro disse...

Esse teu texto cutucou a minha ferida, que já estava inflamada e aberta. =/

Hoje eu não espero mais nada, porque cansei de esperar qualquer coisa vinda do amor improvável.

Um abraço.

Hosana Lemos disse...

"Dói de mais não ser quem você quer"

é tanta dor que as palavras são poucas para expressar.
sei como é, querida.
só tenho a dizer que tenhas força, mais cedo ou mais tarde há de passar!

=*