domingo, 7 de fevereiro de 2010

incerto.

Talvez tudo já estivesse escrito em algum lugar, e no fim nós dois acabariamos por nos encontrar . Talvez seja tudo uma grande consequencia de uma série de atos, mas isso já não importa porque você está aqui, não com a frequência que eu queria, não da maneira exata que eu sonhei, mas eu sei que em algumas noites, ao me deitar, eu vou poder lhe dar um beijo e sentir seus braços no meu corpo, me protegendo de qualquer coisa que me traga medo . Pode ser que nada disso seja real . Pode ser que eu tenha noites com lágrimas e tudo seja em vão . É tarde . Eu já fui longe de mais com você com os meus sentimentos pra me arrepender de qualquer situação. Você já esta em mim e eu estou em suas mãos. Já não me importo em não parecer sadia, porque eu encontro a minha cura em você.


" Deixa eu mimar você, adorar você , agora e só agora . Talvez você perceba que eu NUNCA vou deixa-lo ir. "


Beeeijo.

4 comentários:

Gabriela Castro disse...

Nós e os nossos relacionamentos problemáticos! rs
Te adoro, florzinha!!
beijos

Hosana Lemos disse...

'Você já esta em mim e eu estou em suas mãos.'

para mim o problema é esse, estar nas mãos de alguém...

Priscila Rôde disse...

Talvez ele não perceba. Que isso não lhe machuque!
Um beijo, flor.

Lembrancinha de alguem que passou aqui um dia... disse...

Faz ele de melodias dons para sedução, ainda que não soubesse... embreaga sentimentos!? Certamente quando aproximar-se melodia mudaria à apenas mais uma de amor, ao final da canção... ela que estaria com os olhos fixos seria tomada levemente pelas mãos macias com unhas pintadas de cores escuras e arrastada ao colo do músico e que fecharia seus olhos com seus dedos e tocaria suavemente seus lábios... embailavam-se num ritmo onde as roupas seriam lançadas por toda a sala levantaria seus cabelos ao ar com uma das mãos e morderia vagarosamente sua nuca para ver os pelos do pescoço arrepiados, com a outra mão taparia sua boca para suprimir gemidos e suspiros. Lança-lhe sobre a mesa, virada de bruços e torna a acariciar-lhe da nuca às coxas e dali... a toma como mulher. Se deliciarão sabendo que o silencio confiável é o mais enlouquecedor. Eles que tiveram coito em todo o ambiente se espumam no banho e sem toalhas... se secam ao calor dos novos abraços que iniciaram... Eles continuaram no mesmo caminho (cada um). Uma suave música foi composta a uma mulher de belo sorriso e de um lindo par de olhos castanhos grandes. E o segredo ficou guardado dentro dos olhos de cada um.