domingo, 28 de março de 2010

Eu quero abandonar o blog, abandonar o emprego, abandonar a faculdade e me abandonar.

2 comentários:

Anônimo disse...

Quem nunca sentiu esse maravilhoso sofrimento...

Veja que Sir. Pier Gerlofs Donia, perdeu toda sua família, onde havia seu maior, precioso e imenso amor. Tornou-se herói com isso, pois entregou-se a uma batalha que nunca assombrou a hipótese da derrota.

Vejamos o encantado Will Shakespeare, que perdeu seu único filho homem “Hamnet” ou “Hamlet” quando este tinha apenas 11 anos, continuou escrevendo e consolando sua esposa até quando a morte o atingisse.

Linda e corajosa foi mortal (depois imortal) Psiquê. Que derrubou azeite quente sobre o Cúpido (seu amor); Este saiu correndo e a largou. O amor estava ferido! Psiquê enfrentou muitas batalhas e muito sofrimento e fez com ele voltasse e a tomasse pelos braços. Tornando-a imortal.

As vezes um amor se vai, talvez por erro nosso, talvez por capricho dele/dela, mas quando isso acontece e não é possível recuperar é porque realmente essa obra não deveria prosperar (talvez no futuro ele se revelaria a pior). Acredite, muitas vezes é por bem acabarem as coisas. - Um chocolate acaba rápido para não engordarmos .

Deve-se chorar, as lágrimas precisam cair, parar de comer e de dormir se não, não teríamos como dizer que foi paixão/amor e que foi intenso e gostoso; Caso contrário, seria em vão, seria tudo mentira! O belo foi que pudestes sentir, o triste pode ser que ele não tenhas sentido.

O fato é que se ele tenha ao menos sofrido, chorado ou se ofendido é porque, ao menos, se importava e gostava e isso... é excelente sinal.

Não desista de nada Flor tome um remédio chamado “tempo”, quando não se traz de volta, lhe cura. Fato! Mas desistir de tudo mesmo com dor, como disse Sir. William Wallace, é para fracos e imaturos.

Viva La vida!

Beijo e Sorte,

Pleroma Salvattore

Naty Araújo disse...

Não abandone não... a gente sente desânimo, cansaço e vc não deve abandonar.
O blog é um espaço pra vc esvaziar-se dos problemas.
Trabalho é um espaço pra vc esvaziar-se de outros... e encher-se de outros também rsrs... mas não abandone, não desista.
Prossiga e terá um sucesso.

Beijos, flor. Conte comigo.