segunda-feira, 10 de maio de 2010

segunda feira , dia morno.

Eu já quis abandonar tudo . Desistir mesmo, sabe ? Ser fraca . Eu não posso. Tem sempre alguém por perto pra desmoronar em cima de mim, e esse alguém precisa que eu seja forte .Mas em alguns dias eu quero me dar o luxo de ficar 'de bode' . Curtir uma dorzinha chata, ainda que sem motivo aparente e saber que existem pessoas por perto para que, mesmo que eu não queira, eu possa desmoronar.
Hoje é um dia assim . Eu tive um fim de semana maravilhoso . Eu vi minha família e especialmente a minha avó . Eu fiquei com quem eu realmente amo . Mas foi só chegar em casa que eu senti um vazio sem explicação. Pra melhorar eu tive novamente o mesmo pesadelo, que me lembrou uma época em que me sentia 'válvula de escápe' , mesmo não sendo. Odeio pesadelos quase reais :s . Geralmente meus sonhos com ele são tão amenos, e desses eu gosto, são quase diários. Enfim, eu até tenho uma explicação lógica para os 'pesadelos' . Quem procura , acha . As imagens ficam guardadas na cacholinha, e depois se projetam em pesadelos. Bem feito.

Eu realmente não sei ter paciência . Quero que tudo se resolva logo (: Quero resultados .
Universo?
Torcendo hein gente?!

Beijo , uma ótima semana .

5 comentários:

Priscila Rôde disse...

Corremos na frente do tempo e ele atropela a gente bem bonito. Uó!
Paciência, Flor. Paciência. rs

Naty Araújo disse...

Estou torcendo aqui, flor...
E eu tbm não tenho paciência não kkkkkk.
Mas to contigo... vamos torcer e dará certo.
Não adianta pensar em desistir, pq nos arrependemos depois.

Beijos.. odeio segundas, se pudesse cortaria-as do calendário ou destinaria como feriado todas elas kkkkkkkkk.

Erica Ferro disse...

Torcendo por ti, por mim... Por nós, enfim.

A vida aperta meu pescoço nesse momento... Mas enfim, a gente sobrevive e depois VIVE com mais alegria e entusiasmo.

Beijo.

Michele disse...

Eu também tenho um pézinho na impaciência. Mas sabe, às vezes a vida enrola a gente só para que aprendamos a esperar um pouco mais! :)

E dias de bode, quem não tem?! Deixe o bode livre, leve e solto a pastar! Logo, ele desaparece e sobra apenas um campo verdejante! haha

Beijos, querida!

Melanie Brown disse...

Tu não contou coisas toa boas asssim, mas eu ri quando terminei de ler. rs Voce foi engraçada, me pareceu que tu se dá bem com teus medos e confussões, acho que esse senso de humor que talvez nem voce note, ajuda muito a melhor muitas sefgunda-feiras que venham a ser chatas e perturbadoras... (espero que sim!)

Bom que tu apareceu lá!!
Beijaummmmmmmmmmmmmmmmm'


TÔ NA TORCIDA JUTO COM O UNIVERSO!!!