domingo, 27 de junho de 2010

e quando mais dói, quando mais aperta, mais eu te amo.

3 comentários:

Paula disse...

Essa é a grande saga ... nem se trata de masoquismo não ... acho que a dor de perder nos faz perceber o quanto queremos ...
Beijo querido!

Gabriela Castro disse...

Até porque não é amor se não doer.
Te adoro, flor!
;*

Naty Araújo disse...

Pq é na dor que podemos sentir mais intensidade nas coisas.

To um pouco ausente daqui, né, linda?
Mas estive sem net uns dias... agora voltou ao normal.

Voltei com tudo... beijos.