segunda-feira, 30 de agosto de 2010

nós

E se a gente aprender a amar, assim, de um jeito bem particular, eu prometo meu bem, não vou decepcionar. Eu ainda carrego marcas, algumas eu sei que nunca vão sumir, mas, por favor, não se importe! Esse mundo começou a florir quando você chegou e transformou tudo em cor. Ainda sou criança, faço birra e cara de boba, crio expectativas e procuro fincar raízes em qualquer solo. Você, tão esperto com esse sorriso maroto, cheio de ginga e malícia, me faz dançar nas suas palavras e me carrega em melodia pra qualquer lugar que me faça sonhar. E dessa realidade eu não desperto, porque teu perfume me inebria e faço morada no teu peito, aconchegada e então, eu tenho paz.  

Dos clichês, das promessas e dos sonhos. Da chuva, dos textos e de você. De tudo que me traz alegria, eu aceito mais algumas doses.  

20 comentários:

PAULA OLIVEIRA disse...

Ohhh minha flor querida,
Que belo texto! Adorei, cheio de ternura e de amor plantado ...
Ê delícia que é amar!

Erica Ferro disse...

Eu também!
Morreria feliz se morrese de overdose de alegria! :D

Beijo, FlorLinda.

Michele disse...

Que delícia amar assim, Florzinha!
E sentir essa paz, que só os sentimentos verdadeiros são capazes de nos proporcionar! :)

Um grande beijo!

Pâmella Ferracini disse...

Incrível como que com simples palavras tu disserá tudo de mais sublime e doce que possa existir .

Belíssimo ;**

so sad disse...

e de alegria não se morre!
beijo!

Jacky Simionato disse...

Ei flor, tudo bem?
Vim agradecer o carinho no meu aniversario.
Muito obrigada pelos votos de felicidade, viu?
Beejo grande pra vc":"

Bruninha disse...

Que fofooooooo!!

Florzinhaaa como vc táaa???

Beijos

.Dina. disse...

Que envolvente o seu texto!

"...crio expectativas e procuro fincar raízes em qualquer solo"

Isso é bem meu jeito! rs!
Adorei!

Beijos!

Gabriela Castro disse...

Que lindo, amor :)
Gostei de ver!!!
beijos
te amo

Déborah Simões disse...

flor, que texto mais lindo...
amei...
sem palavras... muito lindo...
bjok

João disse...

Sei bem o que esta sentindo, meu ultimo post foi dedicada ao meu amor tbem...um pouco mais explicito que o seu, mais com muito carinho como o seu. rs Abrçs

Pâmella Ferracini disse...

Obrigada pela visita flor
estou te seguindo,em vc não tem o link-me ne,notei isso
eu posso fazer pra vc um,pois me encantei com seu blog,e gostei de vc :)

qualquer coisa entre em contato comigo:

pamella_ferracini@hotmail.com

um beijo .*

.Dina. disse...

Oi, Flor! =)
Eu vim aqui te dar os parabéns bem atrasado. Enfim, não conhecia teu blog e nem te conhecia virtualmente!
Ao ler teu texto de parabéns me deu uma energia boa. Bom saber que existem pessoas que passaram por coisas bem parecidas que eu!
=)

Beijão
;*

Michele disse...

Flor, obrigada pelas palavras e desejos tão queridos!

Beijocas!

Mariana Lopes disse...

Adorei o texto, sério, ta muito lindo.
Mas deixa eu comentar uma coisinha bem rápido: eu AMEI o seu texto anterior: Duas décadas.

PARABÉNS PELO BLOG, TA LINDO

Jacky Simionato disse...

Ahhhh que poema encantador.
Esse aposto que vc escreveu como se fosse eu, kkkkkkkkkkkkkk...
to zuando, mas é bem o que passo ultimamente, aunda mais na parte
"Eu ainda carrego marcas, algumas eu sei que nunca vão sumir, mas, por favor, não se importe! Esse mundo começou a florir quando você chegou e transformou tudo em cor."

Lindinho demais!
beejo beejo

CASSIANE disse...

Belo post.

Gostei daqui, volto sempre!

Abraços

Erica Ferro disse...

Passei só pra deixar aquele abraço pra ti e dizer que é muito bom ler e reler o que escreves.
=*

Bruninha disse...

Florzinhaaaaaaaaaa!!

A flor mais linda de todos os jardins!!

Como estáa?? Quero te agradecer pelo carinho, pelas palavras em meu blog

Quero post novooooooooo

ah, meu blog ta de carinhaa nova quero q vc conheçaaa

bjs

Juliana Nunes disse...

Aeee Floooooooooor.>!

Tempão sem passar por aqui.. =O

Como sempree.. escreve muitooO..!

OrgulhooO.