domingo, 5 de junho de 2011

Deixar minha menininha sair sozinha... Mas eu me mordo de ciúme...

Quando eu penso em todas as coisas que nós temos vivido, sinto orgulho e até mesmo um pouco de medo. Eu sou uma pessoa ciumenta, com todas as coisas. Nunca fui egoísta, mas sempre tomei um cuidado um tanto excessivo com minhas coisas e com as pessoas ao meu redor. Tenho ciúme da minha mãe e, pelo amor de Deus, nenhum marmanjo ouse falar da minha irmã de 14 anos como se ela tivesse 21 e soubesse certas malícias da vida, sério, mato um. O problemão é que agora o ciúme do namorado tá chato sabe? e eu, infelizmente, tenho uma memória nada seletiva. Fico fazendo links mentais, totalmente desnecessários e criando historias que -assim espero- não existem. Critico supostas mentirinhas de um ano atrás, sendo que eu mesma já menti quando disse sobre as senhas dele :#, no meu ponto de vista, não foi nada que o prejudicasse, além da pequena invasão de privacidade. Isso me faz um puta mau, já que sou uma pessoa que ama ter crises de ansiedade, e faz um mega mau pra nós dois, porque ninguém merece viver com alguém buzinando a desconfiança o tempo todo, principalmente quando não existe um motivo aparente. Nunca convivi com alguém tão independente, então eu fico meio sem saber como lidar. Não, eu não quero invadir emails, msn, facebook ou qualquer outra coisa. Não quero fuçar o celular, mensagens, conversas e tudo mais. Quero viver em paz na certeza de que alguém gosta de mim e respeita a relação, minha crença na fidelidade. Já fui corna (sad) e gente, é super ruim. Quero viver nessa falsa segurança de que o mundo é lindo e as pessoas não traem ! Ah, eu já trai também :/ Não me orgulho disso, nem um pouco, mas também não me arrependo, porque talvez se não tivesse feito isso, não estaria namorando com uma pessoa que faz com que eu me sinta viva, sabe? O que me incomoda, e muito, é pensar que eu amo uma pessoa que trai esse amor, que tem conversas com outras meninas com conotações sexuais, uma pessoa que transa comigo, diz que me ama, quer viver comigo, mas que nas horas "livres" trai tudo que vive comigo, entende? Não, eu não quero me tornar um ser insuportável, não quero que isso estrague uma relacionamento tão batalhado e tão bonito. Quero viver em paz na certeza de que a pessoa que eu amo, me escolheu e me respeita. É pedir demais? Meu namorado é ótimo! Chato sabe? rs Mas me faz feliz, me faz gargalhar de coisas bobas, me da os melhores abraços do mundo e embora eu seja ciumenta, nunca me deu motivos² pra eu me tornar essa chata! Espero apenas que ele entenda que embora nós já estejamos juntos há 1 ano e bolinhas, ele ainda é uma pessoa com características opostas a tudo que eu conheço e que aos poucos eu estou aprendendo a lidar com a individualidade, com os jeitos e com a confiança. Eai, existe alguma ciumenta além de mim nessa blogsfera? 

Beijo e saudade de vocês! 

6 comentários:

Gabriela Castro disse...

Flor, sei bem como é isso tudo. Sou muito ciumenta, mas é aquela coisa do amar demais. rs
A convivência é isso aí mesmo: aprender a lidar com o outro, com os sentimentos dele, com o seu sentimento, enfim...
Você vai conseguir e vai ter uma vida feliz e de muita paz. Tenho fé!
Acabei de te mandar email e vi que você tinha postado aqui. Saudade imensa! Amo muito você! Beijos

Moni disse...

falou de ciumes, falou de mim... quem sou eu pra te julgar kkkkkk beijoss

paula disse...

Hum... Eu sou ciumenta, mas de fraca a moderada... rs. Coisa que faz meu namorado pensar que eu não o amo às vezes. Pois é: tanta gente por aí pelo jeito reclama das namoradas ciumentas e o meu namorado acha que eu deveria ser mais, acho.

É que, se eu fosse realmente externar o que eu eu penso lááá no fundo, acho que eu seria mais ciumenta. Mas é que eu sou libriana e ponderada demais pra isso, sabe? Fico avaliando as situações, pesando prós e contras e aí nesse tempo todo que eu fico avaliando se eu poderia estar sentindo o ciúme que está querendo florescer em meu coração irado ele... enfraquece. Com a força de vontade das mulheres que querem avaliar com a razão as coisas do coração...

Ou eu enlouqueço de vez uma hora, ou estou fazendo a coisa certa. De vez em quando deixo uma frase solta por aí pra ele perceber que eu vi sim, que fulana deixou um recado no facebook, ou que eu não gostei não, do sms que ciclana enviou em uma sexta à noite... porque né?

quem ama, cuida!

Beijo, Flor, e que bom que vc tirou as teias de aranha do blog né? tava com saudade do canto!!

=)

del disse...

Ciúmes todo mundo tem um pouco. Acho. Sei lá, acredito que quem ama sente ciúmes, nem que seja um pingo. O problema é quando o ciúmes grita mais alto que o amor, quer aparecer, fazer barraco e ser o gostosão. Isso, infelizmente, não sei como lidar. Dizer "você tem que confiar" é muito fácil pra quem não sente a dor aguda do ciúmes, dizer que vai passar também não. A gente não sabe se vai passar ou piorar ou um dia descobrir que tanto ciúmes não valeu a pena. O jeito é aprender a conviver com isso, pelo seu bem e da relação. Não é fácil, mas às vezes segurar uma pergunta e outra, deixar aquela "cutucada" de lado ajuda e muito. Aos poucos talvez você ganhe confiança em si mesma. Antes de estar bem com seu companheiro, esteja bem com você mesma :)

Júuh . disse...

Tem sim, eu sou uma delas... =x já sofri muito com isso sabe? mas tenho procurado melhorar a cada dia, nem eu mesma estava mais me suportando e hoje vejo que foi a melhor escolha que eu fiz, a de mudar. meu coração anda mais leve, mais feliz! espero não ter nenhuma racaída e tenho lutado contra isso, quando me vem à cabeça pensamentos ruins, aqueles que nos faz viajar e procurar confusão do nada sabe? e quando isso aocntece, procuro pensar em tudo de bom que já vivemos e que ainda temos pra viver.

Sei que vc tb vai conseguir flor, estou aqui!
Beeeijo lindona! =)

Melanie Brown disse...

Amiga, por favor, NÃO FAZ ISSO!!!! No caso eu sou a vítima! rs. Ciúmes do imagianrio, de acontecimentos de uma ano atraz e etc: A cara dele! E acredite, é REALMENTE INSPORTAVEL!! Já traí, e ja levei um belo par de chifres também, mas aí, vamos queimar no fogo do inferno por cauda disso?! Talvez sim, mas em vida, ficar atrapalhando um relacionamento bonito e batalhado como o meu também é, poxa vida: PERDA DE TEMPO. Trabalhe esse ciúme da melhor forma, vc mesma se sentirá melhor!!

Abração!!