quinta-feira, 8 de setembro de 2011

não importa quem é.

- gente, to sem pc e no trabalho é tudo bloqueado. prometo que no fim de semana, me esforço e visito vocês. tou dependendo do pc da minha prima (é, aquela ¬¬ ) então, me perdoem e não me abandonem JAMAAIS -

quando a gente percebe que ama alguém, não importa como essa pessoa é. infelizmente - ou seria felizmente?- a gente não desliga o amor no primeiro erro, nem quando as famosas "máscaras" caem. a gente continua amando, independente dos erros, dos defeitos, das mentirinhas. e demora muito pra aceitar ou perceber que simplesmente, esse amor não veio pra ser eterno. de qualquer forma, quando a gente realmente ama alguém, sempre sorri ao lembrar - entre mortos e feridos - daqueles dias de sol ou de chuva, quando se cabe perfeitamente no abraço de alguém. porque às vezes, não importa quem é. aos olhos de quem ama, sempre vai ser amor. 

seria romântico, mas na verdade é trágico. tem dias que eu penso, que alguns amores vão ser eternos e por mais que o tempo passe, a vida mude, no fundo sempre vai restar o vestígio de um sorriso.

- ainda bem que você vive comigo. porque se não, como seria essa vida?! -

6 comentários:

Mikaelly Andrade disse...

Sei lá... sei lá...!A minha seria totalmente vazia sem ele...

Fico aguardando sua visitinha então^^
bjos flor.

Lidiane Fenerich disse...

Ai o amor. Tão bonito e tão complexo!

Claro q não vou te abandonar!

Bjos

'Lara Mello disse...

Penso igual a você, são 4 anos de casamento, e sobrevivemos a muitas coisas, porque acima de tudo nos amamos..

Sorte! :)

Ana Paula [Quase esposa, sempre nerd] disse...

As vezes faço a mesma pergunta que você.
Beijo!
Ana Paula
[Quase] Esposa _ [Sempre] Nerd.
www.anoivanerd.blogspot.com

alegria57 disse...

Ah Flor,
Você sempre mexe na ordem do meu pensar com esses escritos lindos!
Beijo grande. :*

Gabriela Castro disse...

Como eu costumo dizer: no fim, é sempre sobre amor. E é!
Amo você, a propósito! rs
beijos