sábado, 8 de outubro de 2011

juntos.

eu não sei exatamente como seria acordar sem sua existência. você perambulava pelo mundo desde muito antes de mim, aprendeu a ler e a escrever primeiro, caminhou de mão dadas com outras pessoas e sorriu com os olhos apertados por muitos lugares, mas, de repente, você já faz parte de mim muito mais do que outras coisas, pessoas. é certo que nascemos pra perder. deixamos bagagens pelo caminho parar carregar outras. certo também que eu aprenderia a caminhar sem você, mas seriam passos tortos e bem, não faço ideia de que caminho tomaria. pra ser sincera, eu não tenho certeza de para onde estamos indo, mas quando eu acordo e vejo você dormindo, tão indefeso, eu tenho mais fé de que esse caminho que decidimos seguir juntos, é o melhor. tantas coisas já aconteceram desde que nos tornamos mais que amigos e eu tenho me surpreendido a cada dia, percebi que há leveza onde eu não imaginava. caminho pelas ruas de são paulo, existem falsas cartomantes espalhadas por todo viaduto do chá. existem crianças entregues ao vício. existe um certo glamour no contraste de tantas tribos com as construções antigas cheias de grafites ilegíveis, mas quando atravesso a avenida e vejo você encostado próximo à uma das muitas estações de metro, por mais que eu tente, não consigo conter o sorriso que meus lábios desenham, porque abraçar você é como voltar pra casa.  nós somos feitos de coisas opostas. você escala e eu tenho medo de altura. você é pragmático e eu  um poço de drama. mas nossos corações reconheceram o que nós demoramos pra aceitar e ajustar. não sei como será amanhã e talvez o caminho traga mais dificuldades. só posso garantir que, hoje, estou disposta a seguir e descobrir. da mesma forma que eu lhe disse pra me acompanhar muitas vezes, pretendo continuar a dizer o quanto eu te amo todos os dias. depois.. bem, a gente vê onde vai dar.

8 comentários:

'Lara Mello disse...

Já ouviu falar em alma gêmeas? Parece que encontrou a sua, lindo texto :)

A.S. disse...

Tudo acontece sempre no tempo certo!...


Beijos,
AL

[Quase] esposa _ [sempre] nerd disse...

Flor querida, parece que você consegue transformar em palavras tudo aquilo que sinto .. fantástico!
É muito amor, não?!

Beijo!
A.P.
[Quase] esposa, [sempre] nerd.
www.docevidanerd.blogspot.com
(meu login foi invadido, desculpe o inconveniente)

del disse...

"porque abraçar você é como voltar pra casa" - ah, que lindo! É difícil pra algumas pessoas encontrarem o amor verdadeiro. Que a sorte a sua!

Lívia. disse...

Só pra lembrar que passo aqui sempre, e o quanto me identifico com voce! Sempre.
Beijo imenso, que seu amor continue assim, gostosinho.

Valerie disse...

"você escala e eu tenho medo de altura. você é pragmático e eu um poço de drama. mas nossos corações reconheceram o que nós demoramos pra aceitar e ajustar. não sei como será amanhã e talvez o caminho traga mais dificuldades. só posso garantir que, hoje, estou disposta a seguir e descobrir."

a prova cabal de que vc está apaixonada. completamente.

lindo post!

Ludmila disse...

Um suspiro de beleza o seu blog!
Lud
casamentonacapital.blogspot.com.br

Thaís Miranda disse...

Nunca, NUNCA, deixa de cultivar bons sentimentos e fazer com que ele respingue em todos que estão a sua volta... Pq certeza não há, mas existe caminhos para que não se faça morrer...
Respire, controle a ansiedade, pq falta um tempo para o amanhã, e o hoje é o que a gente tem. Dê um sorriso pro agora e VAI!
Ahhhh felicidade! :)
Demorei mas voltei :)
Um beijooo flor!