quinta-feira, 17 de novembro de 2011

atualizando.

daí que o tempo passou e eu tava pensando que, bem, consegui tudo o que eu queria. tive pequenos surtos no ano passado porque eu sou tremendamente ansiosa e, quando eu quero, quero pra ontem. mas o tempo passou e com pequenos passos eu cheguei onde eu achei que queria chegar. consegui o trabalho, me mudei, continuo no barco com o #oso e tenho o tão desejado apartamento. mas aqui, do alto das minhas pequenas grandes conquistas, eu me sinto insatisfeita porque nada foi exatamente como eu planejei (eu sei que reclamo pra caramba, mas sabem com é, as malditas expectativas). eu estou na empresa que queria estar, mas percebi que de perto a coisa não é tão brilhante como achei e estou desenvolvendo a tarefa mais mecânica e ao mesmo tempo dinâmica do mundo. são paulo só é linda aos finais de semana que eu tenho dinheiro e saio pra beber, ponto. (tá, tem milhões de coisas legais pra fazer, amo são paulo. odeio metro e ônibus lotado, beijos). o meu lindo e só meu  - nosso - apartamento, com tudo que queremos é nosso, eu já pago parcelas gordinhas e arquei com uma grana preta de documentação e afins, mas por agir com camaradagem, o antigo dono continua lá, esperando que as chaves do seu sejam entregues pra ele entregar o meu. (juro que no natal eu já vou estar no apartamento, sério) e o #oso, putz, eu o amo né e a gente tá numa fase boa, conquistando as coisas aos poucos, mas no fundo sempre tenho aquela sensação de que seria diferente. não sei porque mas eu sempre achei que ele seria, como dizer, mais ... romântico? sei lá.. mas enfim, eu tenho um companheiro, amigo e que essa semana ficou até tarde comigo no hospital bandeirantes ( um ótimo atendimento, valeu hospital \o) e cuidou de mim e do meu braço bixado de tendinite, então essas coisinhas acabam compensando. aos poucos eu vou tendo tudo o que eu sempre quis, aos trancos e barrancos, pequenos surtos de ansiedade, momentos de desespero onde sempre, SEMPRE, chegam emails da Intense e da Gabi Castro (obrigada meninas, amo demais vocês), e a gente vai levando. um dia após o outro. qualquer hora eu digo que estou 100%.

saudades de todos, final de semana eu apareço pra visitá-los.


3 comentários:

'Lara Mello disse...

Ai Flor! Feliz por você ter conquistado suas coisas, obvio que não está satisfeita, ninguém fica, mas tudo logo se encaixa..
Sobre o casamento, acredite: Ele é o cara! Eu sou casada a 3 de um relacionamento 5 anos, eu também achei que Zé iria ficar mais romântico, e nada, e ai você vai conhecendo os defeitos, as coisas que te irrita, os confrontos, e agente sobrevive a uma batalha todo dia em que o amor vence, vocês são diferentes, criados por pessoas diferentes, nada é fácil, mas também não é difícil, logo logo vocês se adaptam =)

Lívia. disse...

Oi Florzitá!

Saudade de você, e de vir aqui. Me identifico TANTO!
Não suma, por favor!

E, como é bom, gratificante, ter um #oso assim, né?! Te desejo muitas, muitas coisas boas, e que ro dizer que, mesmo que eu não comente aqui (por pura falta de tempo mesmo) eu sempre venho te visitar.

Beijos, beijos, beijos.. to te esperando aqui do meu lado! :)

Gabriela Castro disse...

Amigaaa, torço muito pra você, pela suas conquistas e felicidade. Aos poucos as coisas vão acontecendo e a vida vai engrenando. O que seriam das nossas vidas sem nossos emails e sem a Tim com chamadas a 0,25? rsrs Amo você! Beijos